14712290_1133003973420059_1110390822886440960_n

Café e bike, uma combinação perfeita!

A cidade de Juiz de Fora recebeu no último domingo (6/11), o atleta olímpico do Mountain Bike e número 1 do Brasil na modalidade, Henrique Avancini, e também a prata da casa, Roberta Stopa, para um bate papo com um público formado por apaixonados por bike.

Com patrocínio do Buenavista Café, e promovido pelo Bike Light, durante o encontro os atletas contaram um pouco sobre a modalidade, falaram sobre suas carreiras, deram dicas de treinamento e relataram os aprendizados adquiridos após muita experiência vivida em competições brasileiras e internacionais.

O café foi o combustível do evento. Afinal, café de qualidade e esporte são uma dupla imbatível para a promoção do bem estar.  Mas porque o esporte, principalmente o ciclismo, possui forte relação com o café?

Palestra com os ciclistas Henrique Avancini e Roberta Stoppa
Palestra com os ciclistas Henrique Avancini e Roberta Stoppa

O que o café tem a ver com o ciclismo?

O café para o ciclista é algo tão cultural quanto o hábito de depilar as pernas. E nesse caso, estamos falando de pernas masculinas. Mais que um costume, o café no ciclismo vai além de um mero momento de prazer. O segredo está na cafeína, que possui efeito ergogênico sobre o organismo, auxiliando os atletas em suas performances e também em suas recuperações no pós treino.

Muitos atletas em treinamento fazem seus intervalos de descanso em cafeterias, e  assim aproveitam para repor as energias com uma boa dose de café.

Máquinas de espresso são itens obrigatórios nos ônibus das equipes profissionais, presentes nas grandes competições, como Giro D’Itália, Tour de France e Vuelta a España.

Os benefícios do café para atletas de resistência

De acordo com o American College of Sports Medicine, a cafeína é um dos estimulante mais utilizados do mundo. Ela pode vir de várias fontes, como o café, ou de suplementos nutricionais, chás, refrigerantes, bebidas energéticas e até chocolate. A cafeína atinge seu nível máximo na corrente sanguínea aproximadamente uma hora após sua ingestão. Ela tem efeito estimulante sobre o cérebro, afeta a pressão arterial, a pulsação e a produção de ácido no estômago.

A cafeína também potencializa a queima de reservas de gordura, permitindo que o organismo as utilize como fonte primária de combustível. Através da utilização de gordura como combustível, o organismo conserva as reservas de glicogênio, que é uma fonte de combustível adicional, armazenado nos músculos e fígado.

Ao retardar a depleção do glicogênio muscular, a atividade física pode ser prolongada, permitindo o atleta ir mais longe, mais rápido e executar mais repetições antes da fadiga. Por isso, muitos atletas usam a cafeína como um potencial auxílio ergogênico para o aumento do rendimento.

O café também no pós-treino

A cafeína também pode ajudar na recuperação após os exercícios. De acordo com pesquisas da American Physiological Society, quatro horas após um exercício, o glicogênio muscular apresenta um aumento de 66% com a ingestão de uma bebida de carboidrato que contenha cafeína, em comparação com bebidas sem a cafeína.

Este tipo de aumento no glicogênio muscular pode ajudar a acelerar a recuperação, o que é importante para o atleta que pretende fazer outro treino no dia seguinte.

O café é uma bebida tão rica e, às vezes tão necessária, que está presente em diversos segmentos e profissões. Em cada uma delas,  o café proporciona um tipo de benefício específico. Descubra a sua necessidade e, antes da próxima atividade física, conte com o café como aliado.

[Por: Ronaldo Muinhos, Diretor e especialista em café do Buenavista Café]

30 ideias sobre “Café e bike, uma combinação perfeita!”

  1. Pingback: cialis in europe
  2. Pingback: stop taking paxil
  3. Pingback: metformin ndma
  4. Pingback: whats diflucan
  5. Pingback: doxycycline online
  6. Pingback: ventolin 4mg price
  7. Pingback: ivermectin 18mg
  8. Pingback: lasix pills 20 mg
  9. Pingback: cialis 20mg
  10. Pingback: cialis for sale
  11. Pingback: buy tylenol online
  12. Pingback: buy naltrexone
  13. Pingback: buy albuterol
  14. Pingback: buy ciprofloxacin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *